Noticias
Defesa Civil de Curitiba está preparada para a temporada de chuvas de verão; veja como fazer a sua parte

Defesa Civil de Curitiba está preparada para a temporada de chuvas de verão; veja como fazer a sua parte

A Defesa Civil de Curitiba está em alerta para a temporada de chuvas de verão. A previsão é que as tempestades aconteçam com frequência ao longo deste mês de janeiro. Para esta quinta-feira (11/1), a Defesa Civil alerta para a previsão de um acumulado de 24,3 mm de chuva, a partir das 17h.


Caso o cidadão presencie uma emergência em decorrência das chuvas, como quedas de árvores, grandes alagamentos, destelhamento de casas, deve acionar os contatos de atendimento e socorro à população.


  • Prefeitura de Curitiba trabalha nas ruas no atendimento às situações de emergência causadas pelas chuvas
  • Prefeitura de Curitiba convoca 200 inspetores aprovados no concurso público para a entrega de documentos
  • Obra para contenção de erosão em Curitiba bloqueia ponte na Estrada da Graciosa

  • Para contatar a Prefeitura, deve-se utilizar principalmente a Central 156. Esse pedido pode ser feito pelo telefone, site ou aplicativo, disponível no Google Play e na Apple Store.


    Além do 156, as pessoas também podem ligar para a Defesa Civil através do telefone 199, para a Guarda Municipal no 153 ou para o Corpo de Bombeiros, pelo número 193.


    Para solicitação de lonas, ligar no fone 153.


    Em caso de risco estrutural emergencial, acionar a Coordenadoria de Segurança de Edificação e Imóveis (Cosedi) via 199 da Defesa Civil ou 153 da Guarda Municipal.


    Em caso de quedas de galhos/árvores nas vias públicas, é com o 156.


    Apoio e prevenção


    Além de um amplo e constante trabalho preventivo feito pela Prefeitura para tornar Curitiba cada vez mais resiliente, as equipes estão constantemente de prontidão nas dez administrações regionais.


    Integradas, as equipes ficam em campo, trabalhando para mapear e restabelecer danos causados pelas fortes precipitações. Sempre que começa a chover, ações emergenciais são deflagradas priorizando a segurança e o bem-estar dos cidadãos. As primeiras medidas são tomadas pela Defesa Civil e pela Fundação Social (FAS) para atendimento às famílias atingidas pelos temporais.


    A Guarda Municipal atua em conjunto com a FAS e Secretaria Municipal de Governo (SGM) nas dez regionais, e a Superintendência de Trânsito (Setran) realiza os bloqueios de vias e sinalizações em caso de erosão ou apagões de semáforos.


    Equipes de Obras e da Defesa Civil trabalham constantemente na avaliação dos casos e realização dos atendimentos necessários. Equipes da SGM também atuam na avaliação e planejamento das correções das erosões surgidas devido ao grande volume de água, além da limpeza das caixas de captação e desobstrução das redes de galerias de águas pluviais, que compõem o sistema de microdrenagem da cidade.


    Cheias


    A Prefeitura de Curitiba tem implementado diversas medidas para prevenir enchentes e minimizar os impactos das fortes chuvas. O Programa Curitiba Contra Cheias, coordenado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas, visa ampliar a capacidade de escoamento das águas pluviais através de serviços, obras e manutenções de macrodrenagem por toda a cidade. O programa tem desempenhado um papel crucial, desenvolvendo obras de macrodrenagem em diversos pontos da cidade, além de ações constantes de manutenção das estruturas preventivas e limpeza e desassoreamento de rios.


    Somam-se ao programa outras importantes ações do município para mitigar os efeitos das mudanças climáticas, como os programas 100 mil árvores e o Amigo dos Rios, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, e campanhas de sustentabilidade e conscientização, como a volta da Família Folhas, além da limpeza de rios e córregos. Todas essas ações se mostraram eficazes para a minimização dos alagamentos na cidade provocados pelas fortes chuvas dos últimos dias.

    Como faço a minha parte?


    A população tem um papel fundamental na prevenção de alagamentos. A Prefeitura de Curitiba promove campanhas de conscientização para a população, enfatizando a importância do destino correto de resíduos e de não jogar lixo nos rios. O descarte inadequado de materiais como terra, lixo e móveis contribui para o assoreamento dos rios, aumentando o risco de alagamentos.


    A Prefeitura oferta uma série de serviços de destinação correta dos resíduos. Curitiba realiza a coleta de lixo comum, lixo reciclável, lixo tóxico e lixo eletroeletrônico. Confira no site Coleta de Lixo como fazer os descartes corretos para cada tipo de material.


    O cidadão também pode encaminhar, diretamente, os entulhos a um dos 11 Ecopontos, de segunda a sábado. Além disso, o cidadão pode solicitar, pela Central 156, serviços de manutenção, limpeza e desobstrução de valas, galerias de águas pluviais e de caixas de captação, as chamadas “bocas de lobo”, nas vias públicas.

    Capacitações

    Em um evento adverso a possibilidade de alguém sofrer alguma queda, escorregar ou se machucar é muito grande. Para isso precisamos de pessoas capacitadas para atender àquele que necessitar de ajuda.


    Estabelecer os requisitos para a elaboração, manutenção e revisão de um plano de emergência contra incêndio, visa proteger a vida, o meio ambiente e o patrimônio.



    Telefones
    © 2009 - Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC
    Av. Senador Souza Naves,312 - 6º andar - Alto da XV - CEP 80.045-060
    defesacivil@curitiba.pr.gov.br
    Curitiba - Paraná